Mais de 1/3 dos lares brasileiros apresentou casos de Covid-19 no 1° trimestre deste ano

LinkQ Covid-19 revela ainda que a maioria do brasileiros mudou hábitos de consumo e permanece evitando aglomerações após a vacinação
30 maio 2022
mulher mascara atras vidro
Entre em contato

A pandemia Covid-19  trouxe impactos sem precedentes para os consumidores e as marcas em todo o mundo, acarretando mudanças de comportamento e de consumo que devem ser mantidas no pós-pandemia. O nosso estudo LinkQ Covid-19, realizado em março deste ano, ouviu 3.400 lares brasileiros com a finalidade de mensurar a correlação do avanço da vacinação  e os novos hábitos de consumo adquirido nesses dois anos. 
 
Quase todas as pessoas (90%) ouvidas declararam que ao menos um membro da família tomou pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 e 35% afirmaram que ao menos um integrante do domicílio teve a doença nos últimos 3 meses. Destes, 10% disseram que todos do lar foram contaminados. A maior concentração das contaminações de pelo menos um integrante do domicílio no primeiro trimestre deste ano se deu nas regiões Norte e Nordeste (31%) e em donas de casa de 40 a 49 anos (27%), em todas as classes sociais.

 

grafico linkq covid

Mesmo após a vacinação, 61% ainda sentem medo de contrair a doença e saem apenas para atividades essenciais, como trabalho, escola, médicos e mercado. Quase metade da população (47%) relata que mudou o comportamento de consumo de alimentos dentro do lar durante a pandemia e 53%  alteraram os hábitos de alimentação fora do lar.

 
Quase metade dos brasileiros se mostraram otimistas com a proximidade do fim da pandemia: 46% acreditam que ela esteja perto do fim e que tudo voltará a ser como antes, mas para 57% as mudanças que vieram com a crise sanitária devem permanecer com o término dela. A maioria dos entrevistados (60%) teve a vida financeira afetada negativamente em algum momento da pandemia, enquanto apenas 22% não foram impactados diretamente em termos financeiros e/ou profissionais durante esses dois anos. Os 10% restantes declaram-se neutros.

 

Entre em contato